22/09/2022 às 16h02min - Atualizada em 23/09/2022 às 00h00min

PROJETO CRIANÇA FELIZ REALIZA FUTEBOL SOLIDÁRIO NESTE SÁBADO (24) PARA ARRECADAR BOLAS PARA CRIANÇAS

Iniciativa conta com o apoio da BDM Digital, pertencente ao Ecossistema Dakila

SALA DA NOTÍCIA Uirá Banheza
No dia 24 de setembro, a partir das 13 horas, acontece no Campo Marambaia – Coophavila II, em Campo Grande (MS), o sétimo jogo de futebol do projeto Criança Feliz. O BDM Digital é um dos apoiadores desse evento que tem por objetivo arrecadar brinquedos diversos e 1.500 bolas de couro sintético para levar diversão às crianças. Nesta edição, grandes nomes do futebol brasileiro marcam presença no dia da ação e jogam uma partida em campo que será transmitida pela TVCH (YouTube – TVCH – transmissão do jogo).

O responsável pelo evento é José Márcio Nunes da Silva que começou o projeto Criança Feliz em 2016 com o objetivo de arrecadar e distribuir brinquedos através do futebol beneficente. Com a ajuda de amigos e parceiros, a ação cresceu e hoje atende mais de 90 famílias em Campo Grande.

Serão três partidas de futebol, sendo a primeira rodada o jogo feminino, a segunda o time de Dakila contra os Galácticos e a terceira os Amigos do Márcio contra o Projeto Criança Feliz. Os jogos são abertos ao público que queira prestigiar e também haverá transmissão pela TVCH. Durante a tarde será distribuído lanche e ao final das partidas os jogadores farão a entrega dos brinquedos às crianças.

Essa iniciativa converge com o propósito do BDM que nasceu com o propósito de desenvolver alternativas e disponibilizar soluções plausíveis para as oscilações do cenário econômico. Através de ferramentas tecnológicas de referência mundial, a instituição criou oportunidades e caminhos para transformar vidas. O BDM Digital é um utility token que utiliza uma plataforma criptografada, para ser utilizado no dia a dia, cujo grande diferencial é aumentar a liberdade e o poder de compra da população, fomentando os negócios de grandes e pequenos empreendedores.

Segundo Urandir Fernandes de Oliveira, presidente do Ecossistema Dakila, são iniciativas como essa que irão transformar o nosso mundo num lugar melhor para a gente viver. “A Dakila também é um negócio de impacto social. Precisamos humanizar o olhar das corporações e de quem trabalha nelas. Este também é um dos nossos objetivos no nosso Ecossistema”, salienta Urandir.

Notícias Relacionadas »
Comentários »