07/09/2022 às 07h37min - Atualizada em 07/09/2022 às 08h00min

Prefeitura de São Paulo festeja o Bicentenário da Independência

Destaque da programação é a remontagem do grito de Dom Pedro,no Parque da Independência. Encenação será a céu aberto e inclui percurso histórico, social e cultural.

Agência Brasil
https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2022-09/prefeitura-de-sao-paulo-festeja-o-bicentenario-da-independencia

Para comemorar o Bicentenário da Independência do Brasil, a prefeitura de São Paulo organizou mais de 50 atividades, espalhadas por mais de 200 pontos da capital paulista, como parte do Projeto Vozes da Independência.



O destaque da programação é a remontagem histórica do grito de Dom Pedro, hoje (7), no Parque da Independência. A encenação será a céu aberto e inclui um percurso histórico, social e cultural, abordando o sentimento de independência por várias óticas e vivências. O objetivo do espetáculo é valorizar a cultura nacional e sua importância na construção social, cultural e econômica do país.



O desfile cívico-militar será realizado em toda a pista central da Avenida Dom Pedro I, no bairro do Ipiranga, das 8h às 12h30, como forma de integrar as ações do bicentenário. A exibição será realizada em parceria com o Exército Brasileiro, Marinha do Brasil e Força Aérea Brasileira. Haverá ainda participação especial de militares como dos Paraquedistas Cometas, da Esquadrilha da Fumaça, da Força Aérea Brasileira, e da Cavalaria do Exército com o uniforme oficial dos Dragões da Independência.



Atividades artísticas de música, teatro, cinema, artes visuais, literatura, dança, intervenções artísticas e debates também compõem a celebração da data.



Veja aqui a programação.




Museu da Cidade de São Paulo - Casa Do Grito no Parque da Independência, Ipiranga.

Museu da Cidade de São Paulo - Casa Do Grito no Parque da Independência, Ipiranga.






Museu da Cidade de São Paulo - Casa Do Grito no Parque da Independência, Ipiranga. - Rovena Rosa/Agência Brasil



Visitações



- Visita à Cripta Imperial e exposição Representações da Nação: o Monumento à independência e a Cripta Imperial: de 7 de setembro de 2022 a 4 de agosto de 2024, de terça a domingo, das 9h. Entrada franca.



- Casa do Grito: Exposição da Independência ao Grito: História de uma casa a pau a pique. Exposição permanente de terça a domingo, das 9h às 17h. Visitas educativas agendadas disponíveis a partir do dia 13 de setembro, pelo e-mail  educativomuseudacidade@gmail.com. Entrada franca.



- Bloco dos Independentes: intervenção artística composta por uma trupe, em uma performance que evocará histórias de personagens importantes da história do Brasil, de forma lúdica e didática. Sepé Tiaraju, Dandara dos Palmares, Anita Garibaldi, Anita Malfatti e Luiz Gama chegam ao público por meio de um pequeno bloco de brincantes pernaltas com bonecos alegóricos. O grupo, acompanhado de músicos e instrumentistas, canta e conta histórias desses personagens e suas relações com a história do Brasil. O projeto contará com uma música e composição especial de Raquel Tobias e bonecos e figurinos do artista cearense Abmael Henrique. Parque da Independência, hoje às 15h e 16h30.



- A exposição Vozes Insurgentes apresenta um recorte histórico de heróis e heroínas nacionais, personagens que evocam o sentimento emanado pelas lutas ao longo da construção social, econômica e cultural do Brasil: Viaduto do Chá, Parque do Carmo, Parque da Previdência, Parque do Ibirapuera e Parque da Vila Guilherme. Até 25 de setembro.



- A mostra Vozes do Ipiranga traz uma experiência cênica imersiva em áudio 3D onde o público se torna personagem central da obra, disponibilizada de forma permanente e gratuita no Parque da Independência. Enquanto visita a história oficial por meio de cenas e áudio trazendo dados, personagens e fatos marcantes do conhecido processo de ruptura com Portugal, a experiência cênica sonora é guiada por vozes invisíveis e esquecidas, que também fizeram parte do processo de independência do país no século 19: negros, mulheres, o povo comum, o carteiro Paulo Emilio Bregaro e até mesmo um dos primeiros trabalhadores presentes no início da construção do Museu do Ipiranga. Todos os personagens têm suas existências e memórias inspiradas pelo próprio coração, numa alusão poética ao coração de D. Pedro I, separado de seu corpo a partir de um pedido registrado em testamento. Abertura no dia 7 de setembro.



- Projeto de Monumenta: reúne as maquetes dos monumentos artísticos implantados em São Paulo no século passado, em decorrência das atividades da Semana de Arte de 1922, do 4º Centenário da Cidade e do sesquicentenário da Independência. Utilizando recursos de realidade aumentada, ao direcionar o celular para as maquetes reunidas na Casa do Grito e distribuídas no Parque da Independência, o público poderá vivenciar uma experiência gameficada, visualizando as obras em 360º. Parque da Independência, a partir de setembro.



- No Solar da Marquesa de Santos, a atriz Beth Araújo apresenta o Sarau no Solar, com músicas do século 19 executadas ao vivo, declamação de poemas, leitura de textos e cartas amorosas escritas pelo imperador D. Pedro I ao tempo em que estiveram juntos. O projeto contará com intervenções especiais da atriz interpretando Domitila, interagindo com o público nos arredores do Solar da Marquesa. Museu da Cidade, dia 10 de setembro, 11h.



- No Theatro Municipal de São Paulo: Exibição do Vídeo Contramemória, dirigido pela dupla Luis Villaverde e Moira Soares. A peça comemora o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922 e divulga a mostra homônima, com obras expostas no Theatro Municipal.



- No Centro Cultural Vila Itororó, dia 10 de setembro, a partir das 18h: projeção mapeada Vila Itororó 100 anos. Às 19h, haverá show Meniere de Eramir Neto e Convidados e, às 20h, Espetáculo Mariofagia. Para ver a programação completa basta acessar o site.




Hall de entrada do Museu do Ipiranga, na Vila Monumento.

Hall de entrada do Museu do Ipiranga, na Vila Monumento.






Hall de entrada do Museu do Ipiranga, na Vila Monumento. - Rovena Rosa/Agência Brasil



Museu do Ipiranga



Fechado desde 2013 para restauro, o Museu Paulista, mais conhecido como Museu do Ipiranga, vai reabrir ao público no amanhã (8) como parte das celebrações dos 200 anos da Independência do Brasil. Para celebrar a reabertura, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo e a prefeitura paulistana vão apresentar uma programação especial, de hoje até 11 de setembro.



As atrações incluem música, dança, teatro e circo e terão transmissão pela plataforma de streaming e vídeo por demanda #Culturaemcasa. Com 11 novas exposições, o Museu do Ipiranga vai abrir hoje (7) apenas para escolas e para os trabalhadores que ajudaram nas obras do restauro e seus familiares. Já o público poderá visitá-lo a partir de amanhã.



Hoje haverá uma programação especial que terá início com o tradicional desfile de 7 de Setembro que, neste ano, será realizado na Avenida D. Pedro I. O evento tem início às 8h45 e contará com um desfile aéreo. O Parque da Independência reabre ao público a partir das 12h.



À noite, haverá uma apresentação de um espetáculo de drones às 18h. Também nesse horário terá início uma projeção mapeada na fachada do novo Museu do Ipiranga. A partir das 19h, diversos shows no local celebram o Bicentenário da Independência, com apresentações de João Carlos Martins, Juliette, Vanessa da Mata, Fafá de Belém e Criolo, entre outros.




Quadro “Independência ou Morte!”, do pintor Pedro Américo, no Museu do Ipiranga, em Vila Monumento.

Quadro “Independência ou Morte!”, do pintor Pedro Américo, no Museu do Ipiranga, em Vila Monumento.






Quadro “Independência ou Morte!”, do pintor Pedro Américo, no Museu do Ipiranga, em Vila Monumento. - Rovena Rosa/Agência Brasil




Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2022-09/prefeitura-de-sao-paulo-festeja-o-bicentenario-da-independencia
Notícias Relacionadas »
Comentários »