25/09/2021 às 15h27min - Atualizada em 27/09/2021 às 00h00min

Cidade do Rio inicia projeto de expansão de ciclovias

Proposta é implantar 123 novos trechos cicloviários no município. O primeiro é uma via que vai ligar a ciclovia da orla do Recreio à via da estrada dos Bandeirantes.

SALA DA NOTÍCIA Agência Brasil
https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2021-09/cidade-do-rio-inicia-projeto-de-expansao-de-ciclovias

O município do Rio de Janeiro deu hoje (25) o pontapé inicial para seu projeto de aumentar em 35%, até 2029, sua malha cicloviária, que atualmente conta com cerca de 450 quilômetros. A meta de ampliar as ciclovias e ciclofaixas em 160 quilômetros (km) está prevista no Plano de Desenvolvimento Sustentável e Ação Climática (PDS) do Rio de Janeiro, lançado no início de junho deste ano.



A proposta é implantar 123 novos trechos de infraestrutura cicloviária no município. O primeiro projeto do plano, anunciado neste sábado, é uma via de 3 km exclusiva para bicicletas que ligará, pela Avenida Vereador Alceu de Carvalho (Estrada do Rio Morto), a ciclovia da orla do Recreio àquela existente na Estrada dos Bandeirantes, ambas na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.



Segundo a prefeitura, o edital está em fase de conclusão e o início das obras está previsto ainda para 2021.



A prefeitura considera que a cobertura da malha cicloviária é pequena no município, uma vez que representa apenas 4% de todas as vias da cidade. Além da ampliação da malha, o projeto prevê a requalificação de todas as vias existentes até 2026.



O objetivo é aumentar o percentual de cariocas que usam a bicicleta como meio de transporte principal, que era de 1,02% em 2011, para 4% em 2030, e quadruplicar as viagens diárias de bicicleta na cidade.



“A gente aderiu, como cidade líder, à campanha global de Cidades Pedaláveis [do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento, ITDP], tentando estar entre as 25 cidades do mundo que lideram essa pauta”, explicou a secretária municipal de Transportes, Maína Celidonio.




Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Como você avalia nosso conteúdo?

56.2%
25.0%
10.7%
8.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp