18/05/2022 às 16h06min - Atualizada em 18/05/2022 às 16h50min

Maior complexo para eventos do Sul do país, Expocentro Balneário Camboriú inaugurou oficialmente nesta terça-feira (17)

Com 65% do calendário deste ano já fechado, o equipamento com 67 mil m² de área total impressionou convidados durante o evento teste; grandes artistas como Roberto Carlos já foram confirmados na programação

SALA DA NOTÍCIA Davi Paes e Lima
Daniel Mafra
“Balneário Camboriú acaba de ganhar o melhor equipamento de eventos do país”. Com esta frase o anfitrião da noite e um dos sócios do empreendimento, Djalma Berger, recebeu jornalistas e autoridades na última terça-feira (17), durante um evento teste que proporcionou aos convidados experenciarem um pouco da versatilidade e potencial do Expocentro Balneário Camboriú. A noite, intitulada “Expocentro Experience”, marcou oficialmente o início das atividades do novo complexo multiuso da cidade, às margens da BR 101, impressionando pelo tamanho – são, ao todo, 67 mil m² de área – e modernidade das instalações; o intuito principal foi mostrar as mais diferentes possibilidades de eventos que podem ser realizadas no empreendimento, inclusive acontecendo simultaneamente, como casamentos, formaturas, congressos, seminários científicos, feiras e grandes shows.

 

Djalma Berger (foto: Daniel Mafra)



Cristine Fabbris, gerente comercial do Expocentro, adiantou que 65% do calendário de eventos para este ano já está fechado, e para o próximo ano, em 2023, pelo menos 40% das datas disponíveis para a realização de feiras, congressos e shows já estão reservadas. “A agenda de eventos já está aberta até 2028, com grande procura de eventos nacionais e até internacionais; dois grandes eventos do calendário nacional – ainda não podemos divulgar quais – migraram seu local de realização para cá”, adianta Cristine, com grande expertise na área de eventos em Curitiba. A Fenin Fashion, uma das maiores feiras da indústria da moda nacional, que sempre ocorreu em São Paulo, migrará este ano para o Expocentro.

Os convidados foram guiados por diferentes espaços, iniciando pela praça de alimentação, que contará com pelo menos 10 operações gastronômicas, incluindo redes internacionais de fast-food e uma churrascaria. A praça de alimentação ficará aberta ao público diariamente, independente da realização de eventos. De acordo com Djalma Berger, o “Expocentro vai revolucionar o mercado de eventos de Santa Catarina e do país, e será uma referência inclusive a nível internacional”. Berger, CEO do consórcio BC Eventos, enfatizou que o empreendimento será mais um cartão postal da cidade de Balneário Camboriú e contribuirá para que o turismo no litoral não seja limitado ao verão.

 

De acordo com Fábio Fiedler, diretor comercial, serão aproveitados períodos de “baixa” no calendário para a realização de eventos próprios e até mesmo para reviver eventos tradicionais para a cidade, como a feira da SANTUR. “Também está previsto um festival sul-americano de cervejas artesanais, com participantes de mais de 10 países”, adianta Fábio. O diretor comercial também enalteceu o alto investimento em tecnologia: “o Expocentro conta com internet de ultra velocidade com mais de 40 gigas, sem depender das torres de internet disponíveis na cidade”. O equipamento também conta com rede exclusiva de energia elétrica.
 
Mesmo que a maior vocação do imponente complexo – que comporta até 60 mil pessoas – sejam as feiras de negócios e congressos, também estão confirmados shows de grandes artistas; o primeiro será com a dupla Chitãozinho e Xororó, no dia 8 de julho. Em agosto, no dia 5, show nacional com Zé Ramalho. O cantor Roberto Carlos também foi anunciado, porém ainda sem data confirmada.


Sandro Petry e Djalma Berger ladeiam os vereadores Anderson dos Santos e Juliana Pavan (foto: Daniel Mafra)

Investimentos
Durante a cerimônia foi frisado o expressivo aporte financeiro de mais de R$ 1 milhão de reais no sistema de ar-condicionado, para garantir a refrigeração dos 33 mil m² de área construída. “Foram mais de R$ 200 mil investidos somente com a carga inicial de gás para suprir todo o sistema de ar-condicionado”, destacou Djalma. Ainda serão investidos, também, mais de R$ 4 milhões em infraestrutura viária, e parte será para construir a terceira via da marginal da BR 101, com 1,3 Km de extensão, para desafogar o trânsito e facilitar o acesso do público.

 
Mais sobre a estrutura
A nave principal é composta por módulos internos, sendo dois laterais e um central, que permitem uma organização da planta e a separação dos dois pavilhões – com entradas individuais. Em um dos módulos laterais ficam os espaços administrativos, camarins e apoio. O módulo central tem duas torres espelhadas, que comportam 24 salas modulares, podendo ser utilizadas individualmente ou em conjunto, com capacidade de até 1.400 pessoas. “É um equipamento totalmente modulado, que pode abrigar desde uma reunião para 10 pessoas ou um evento para 10 mil pessoas”, destacou Djalma Berger.

Neste módulo central ainda há
 espaço para lojas, praça de alimentação e ainda a única entrada para o tradicional zoológico de Balneário Camboriú. O estacionamento possui 875 vagas.  


Djalma Berger entre as filhas Carol Berger e Isabela Berger. Na ponta, à esquerda, o cirurgião plástico Paulo Solano, marido da médica Carol Berger (foto: Daniel Mafra)



Fabio Fiedler, diretor comercial do Expocentro, a deputada Paulinha e Robinson Soares, diretor técnico do empreendimento (foto: Daniel Mafra)


Autoridades no palco no momento do hino nacional
Notícias Relacionadas »
Comentários »