03/09/2021 às 19h00min - Atualizada em 04/09/2021 às 00h00min

O risco de uma desintegração do Mercosul

É necessário esforço, principalmente da Argentina e do Brasil, ara resgatar e reativar o sentido estratégico deste acordo

Folha de São Paulo
https://redir.folha.com.br/redir/online/mundo/rss091/*https://www1.folha.uol.com.br/colunas/latinoamerica21/2021/09/o-risco-de-uma-desintegracao-do-mercosul.shtml

Desintegrar, segundo a Real Academia da Língua Espanhola, admite várias acepções. Uma delas significa destruir por completo; outra, perder coesão e força. A noção de desintegração remete então a uma perda e/ou a uma destruição. Aqui assumimos que a desintegração não é apenas a antítese da integração, mas reflete o declínio de um modo de conceber e aplicar políticas comuns em uma ampla gama de assuntos entre Estados vinculados a uma comunidade política. Neste sentido, existe o perigo de que o Mercosul possa, eventualmente, se desintegrar, e a responsabilidade maior será da Argentina e do Brasil.
Leia mais (09/03/2021 - 19h00)

Fonte: https://redir.folha.com.br/redir/online/mundo/rss091/*https://www1.folha.uol.com.br/colunas/latinoamerica21/2021/09/o-risco-de-uma-desintegracao-do-mercosul.shtml
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Como você avalia nosso conteúdo?

56.2%
25.0%
10.7%
8.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp