29/08/2021 às 20h35min - Atualizada em 29/08/2021 às 20h21min

Sete anos depois, Vetorial Siderurgia volta a operar em Ribas do Rio Pardo

Reinício das atividades aconteceu no sábado e meta inicial de produção é de 237 mil toneladas/ano de ferro-gusa

Rio Pardo News
 

A unidade da Vetorial Siderurgia em Ribas do Rio Pardo retomou ontem, 28 de agosto, a produção de ferro-gusa no município, com a entrada em operação de um de seus alto-fornos. A retomada das atividades envolveu investimentos de aproximadamente R$ 25 milhões, mobilizou cerca de 120 profissionais nos seis meses de recuperação das instalações e agora segue gerando empregos e renda na região.

O alto-forno agora em operação vai produzir 237 mil toneladas/ano de ferro-gusa, gerando 194 novos postos de trabalho e provocando ainda fortes impactos na cadeia produtiva, em particular na silvicultura e carbonização.

Com as atividades paralisadas desde 2014 em função da forte retração do mercado doméstico e internacional com relação ao ferro-gusa, e ainda por conta da instabilidade econômica nacional, a Vetorial Siderurgia retoma as atividades com equipamentos de alta performance que garantirão elevada produtividade e rigoroso controle ambiental e de segurança de seus colaboradores.

A usina conta com geração própria de energia elétrica, condição na qual é pioneira, pois foi a primeira usina siderúrgica a implementar essa tecnologia no Brasil, ainda na década de 1990.

A usina possui também moderna planta de PCI (injeção de finos de carvão pulverizado), que faz o aproveitamento de todos os finos de carvão gerados no processo de produção. Com filtros modernos, a emissão de poluentes nesta nova fase de atividades foi sensivelmente reduzida, o mesmo ocorrendo com a produção de ruídos.

A reativação do alto-forno foi feita por Márcia Gomes da Silva, colaboradora do Grupo Vetorial há mais de 20 anos. Nesta semana, diretores da usina e profissionais envolvidos na revitalização da planta, juntamente com o prefeito de Ribas, João Alfredo Danieze, visitaram as instalações.

Estiveram presentes o presidente do Conselho do Grupo Vetorial, Gustavo Trindade Correa, o presidente da Vetorial Siderurgia e Vetorial Mineração, Luiz Nagata, Mário Sousa, diretor de operações da Vetorial Siderurgia e Edimilson Jésus Ribeiro, superintendente da usina, dentre outros profissionais.

“A Gigante acordou” e “Ribas viva de novo” foram algumas das expressões postadas nas redes sociais por moradores de Ribas do Rio Pardo após a retomada das operações.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Como você avalia nosso conteúdo?

56.1%
25.1%
10.8%
8.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp