28/10/2021 às 15h10min - Atualizada em 28/10/2021 às 16h20min

Negócios no setor imobiliário cresceram 110% no primeiro semestre de 2021

Pesquisa foi realizada com 7,5 mil imobiliárias e 44 mil corretores de imóveis do país

SALA DA NOTÍCIA Assessoria de Imprensa
O Painel do Mercado Imobiliário (PMI), levantamento feito pela plataforma Kenlo, identificou crescimento de 110% em transações fechadas no primeiro semestre de 2021, na soma de aluguéis e vendas, em comparação com igual período do ano anterior. Estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Santa Catarina contribuíram significativamente para o índice, uma vez que cresceram 99%. A pesquisa foi conduzida com 7,5 mil imobiliárias e 44 mil corretores de imóveis cadastrados na plataforma em âmbito nacional.

“O bom resultado no primeiro semestre de 2021 é devido, principalmente, ao primeiro trimestre deste ano, uma vez que o mercado já se apresentava aquecido desde o final de 2020.  No segundo trimestre, porém, com a percepção de um cenário inflacionário, o mercado se comportou de forma mais conservadora”, explica Denise Ghiu, especialista de mercado da área de inteligência do Kenlo.


Com três milhões de imóveis listados em sua plataforma e base de dados que representa 25% do mercado secundário imobiliário brasileiro, a Kenlo registrou ainda uma alta de 9,97% no segundo trimestre deste ano, perante o primeiro. Foram realizados 14.939 negócios no período, ante 13.585 nos três primeiros meses.
 

“A variação positiva de 9,97% no segundo trimestre deste ano em relação ao primeiro trimestre reforça nossa perspectiva de um mercado mais ponderado no próximo período, pois parte da motivação para a aquisição do imóvel ou mudança de residência poderá estar mais associada às estratégias das famílias para ajustes no orçamento, corte de gastos e, também, como uma alternativa para recomeçar seus projetos que podem ser alavancados pela disponibilidade do crédito com imóvel em garantia e taxas mais atraentes como na modalidade de home equity”, completa Ghiu.


PMI
O Painel do Mercado Imobiliário (PMI), criado pela Kenlo, é uma iniciativa pioneira no Brasil e que proporciona o acompanhamento do mercado de imóveis usados com base em dados obtidos em tempo real, a partir de um ecossistema que contempla 7,2 mil imobiliárias e 44 mil corretores, de todas as regiões do país e que atendem a mais de um milhão de proprietários de imóveis. O PMI reúne uma amostragem do mercado imobiliário secundário de treze estados brasileiros nas cinco regiões. Mais detalhes sobre o PMI podem ser obtidos no site.


Sobre a Kenlo
A Kenlo é uma plataforma que oferece serviços e produtos com a proposta de integrar experiência digital, inteligência de dados e soluções de crédito e seguros para as imobiliárias locais, gerando novas oportunidades e fontes de renda para esse mercado. A empresa fornece soluções de digitalização para imobiliárias locais, treinamentos para equipes, informações de mercado, possibilitando que as imobiliárias se transformem em plataformas completas de negócios. Em parceria com a Jive Investments, estruturou e lançou um fundo de R$ 400 milhões, destinado a gerar crédito imobiliário, com garantia do imóvel, que possibilita a captação 60% do valor do imóvel em empréstimo, com juros mais baixos e prazos longos, com processo totalmente digital.

Em cinco anos, a Kenlo pretende figurar entre os cinco maiores provedores de home equity do país, por meio da 7,2 mil imobiliárias e 44 mil corretores em todo o país. A organização atua no mercado secundário de imóveis (usados) que representam 60% do movimento desse segmento.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »